Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Love,Revengess and Forgiveness.Love you' ~sz

Essa Fic merece continuar?

0% 0% [ 0 ]
0% 0% [ 0 ]
100% 100% [ 1 ]
0% 0% [ 0 ]
Total dos votos : 1

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Taah94


Botamon
Botamon
Era um mês de setembro como todos os outros... Para mim. Triste e chuvoso. Por mim o mundo poderia explodir que eu não ligaria,afinal eu não tinha o Grande Amor da minha vida ao meu lado. Eu sempre digo pras minhas amigas: Quer amar? Ame! Mas ame de verdade! Ame intensamente. Vai ver isso foi o meu maior erro de todos!
Porque eu amei demais e acabei sendo trocada pela minha melhor amiga: Flávia Johnson.
Acreditem... Dói ser trocada pela (ex) melhor amiga Ainda mais quando você perde Dougie Lee Poynter, um cara quase perfeito, se poderia assim dizer.

http://images.starpulse.com/pictures/2007/05/10/previews/Dougie%20Poynter-LMK-001232.jpg ~


~ Há 2 anos Atrás. ~

> (Na casa dos Young's. 16:00, Marcela escrevia em seu diário.)

Olá Diário,tudo em cima? (Que maravilha! Estou perguntando se um objeto inanimado esta bem)

Nunca entendi bem esse negocio de namoro... Você se amarra a uma pessoa, fica totalmente submissa a ela e quando menos imagina a pessoa tão ironicamente amada lhe da um belo e maravilhoso pé na bunda! Por isso que eu nunca amei!E,nem recomendo uma pessoa em sã consciência amar! É A COISA MAIS SEM NEXO DO MUNDO.
Ok, eu sei que sou nova para ficar fugindo do amor. - tenho apenas 15 anos.
Mas, eu nunca atraí ninguém. Meu irmão vive para dizer que eu pareço uma vara-pau. Ele e aquele amigo dele, que é um projeto de BARBIE ambulante, o Dougie. Sério não há no mundo um ser tão loiro e irritante como aquele Anoréxico Barbie de Camelô. Vulgo do Dougie Lee Poynter.

De repente alguém invade meu quarto. Claro que eu já sei que é o meu adorado irmão cabeça grande, Scoot.
Fechei meu diário e dei atenção à criatura.
-Marcela!!!!
-Diga! - O mané parecia afoito, deve estar aprontando alguma coisa envolvendo garotas.
-Você precisa ajudar o Dougie! Tem uma menina louca atrás dele! Você tem que o esconder aqui!AGORA! Rápido! - Nem tive tempo de dizer sim ou não, pois o idiota loiro entrou no meu quarto, sorrindo pra mim. Balancei a cabeça em negativa e sentei-me na cama.
-Já volto! - disse meu irmão, deixando-nos sozinhos.
-Tudo bem Magrela? - Suspirei,derrotada. Esse idiota invade meu reino particular, e ainda tem a cara-de-pau de me pergunta se esta tudo bem! É uma anta mesmo.
-Estava... Até você chegar, Barbie!
-Sabe, eu andei te observando... Você esta ficando BONITA! - COMO? Santo Galo com Miopia, REPETE! Porque eu acho que não escutei direito. *
-Pena que não posso dizer o mesmo de você! - Ta, eu sou uma bela de uma mentirosa! Dougie parece um anjinho - até mesmo quando ele está ajudando ao meu irmão a tornar minha vida um inferno! - Ele é sonho de todas as garotas (não me inclua nessa lista). O maior pegador do nosso colégio.
-Será? - era só o que me faltava, essa Barbie loira dando em cima de mim. ¬¬*
-Com certeza... - Nunca me rebaixaria a ele. Nunca me permitiria fazer isso! Nunca!
-Tenho minhas dúvidas... Haushauhsush -
Primeiro ele me empurrou na cama. Depois fechou a porta.
O que aquele idiota pensava que estava fazendo? Ou sejá lá o que ele fosse fazer eu não reagia, não conseguia. Se eu quisesse poderia sair dali facilmente, porém minhas pernas não me obedeciam.
Dougie subiu em cima de mim, com aquele sorriso Bobo - que às vezes me deixava Hipnotizada. Beijou meu pescoço delicadamente, cada beijo um suspiro, uma troca louca e sensual de línguas, dentes e bocas.
-Ham, Ham... - Pigarreou meu irmão, entrando no quarto e nos vendo naquela pose, um tanto indecente.
- Não sabia desse seu súbito interesse pela minha irmã, Dougie!
-Ela que me beijou... - QUE MENTIROSO! SÓ PORQUE QUANDO MEU IRMÃO CHEGOU EU ESTAVA EM CIMA DELE? :X Isso não queria dizer nada!
-SEU CRETINO! MENTIROSO! - Eu esbravejei estapeando ele, que sorrindo me mandou um beijo.
-Era o que faltava! O Dougie meu cunhado! - meu irmão disse. Dougie e eu rimos.
-Calma Cunh.. Ops! hehe! Scoot, sua irmã, infelizmente não vai muito com a minha cara! - chega a ser ironia da parte dele dizer isso! Às vezes essa Barbie me irrita profundamente.
-É bom mesmo! Você é safado demais! - estava doida pra ficar sozinha e esses dois chatos não saiam. Aff.
-Gente er.. dá pra vocês vazarem? quero ficar sozinha! - eu pedi. Meu irmão saiu primeiro, surpreendentemente dando um de bonzinho.
-Tchau Dougie! - eu disse vendo que ele continuava parado me medindo com um olhar safado, enquanto um sorriso maroto nascia em seus lábios.
-E meu Beijo? - Dougie deu um passo em minha direção. Rapidamente meu coração acelerou.
-kkk ta de brincadeira né? - esforcei-me para falar. Estava nervosa, tenho que admitir por mais que eu odeie ele.
-Claro que não! - a Barbie me agarrou com vontade. Nos beijamos com voracidade, de uma forma avassaladora, como se o mundo fosse se acabar. Eu não sentia mais o chão. O ar não entrava mais em meus pulmões, parecia que eu havia desaprendido como se respirava. Ou como se falava.
-Dou..gie.. a..ar
-Shaushaushau - rindo, ele me soltou. O garoto conseguiu me deixar arfando. E pra piorar eu adorei *--------*
-HAHAHAHAHAH, ACHOU QUE PODIA FALAR PALAVRÃO AQUI ÉÉÉ? SE FERROU!! Que horas que são? - tinha me lembrado de um compromisso muito show.
Dougie olhou no seu celular e disse-me:
- 11:05,porque?
-A Flá vai vir aqui! - Dougie deu um muxoxo. Eu não entendi. Para mim, ele sempre teve uma certa vontade de ficar com ela.
-Ok..
-Ah qual é ? Agora você não gosta dela? - ele deu de ombros. Deu-me um selinho e saiu.
Às vezes eu não entendo o dougie.
Me arrumei e liguei para Flávia, confirmando nosso compromisso. E, claro que ela vinha. Desde quando Flávia Stephannie Johnson nega fazer compras com sua melhor amiga?
Desci ao ouvir o BI BI do carro de Flávia.
-Hellou My Best! - disse-me ela, sorrindo de uma orelha à outra. Trocamos dois beijinhos, bem no estilo de amigas Paty's e fomos rumo ao shopping.
-Aii menina preciso te contar um negocio.. - falei um pouco indecisa se deveria ou não contar. Mas, ela é minha melhor amiga. E melhores amigas contam tudo uma para a outra!
-Conta,conta!! - ela pediu, batendo palminhas no ar. Eu adorava esse jeito dela. E eu sem dar rodeios contei o "avassalador" acontecido de hoje.
-Er .. a Barbie amiga? - meu sexto e infalível sentido dizia-me que minha amiga não tinha gostado muito da noticia. Flávia também nunca havia se dado muito bem com o Dougie. Ela tomava as minhas dores.
-Ah Flá não me olhe com essa cara! Foi rápido...mas, foi bom!
*PENSAMENTO DA FLÁVIA*
Aff so pode ser uma pegadinha com a minha cara! Uma pegadinha de pessimo humor!
O que aquele gato viu nessa tonta? Alguém me reponha, por favor!
Ela é baixinha, magra e tem os cabelos vermelhos - mas, não é ruiva.
Se o Scoot fosse metade do que o Dougie é eu estava feita! SORTE DEMAIS PRA ESSA PIRRALHA!
Pensamentos [off]
-Nunca pensei isso de você amiga.. ahsuahsus. - Flávia comentou, enquanto entravamos no shopping.
-Acredite amiga, nem eu!
Fizemos coisas que todas as amigas fazem: Compras, cinema e paquerar homens (N/a:Flávia namora Scoot,irmão da protagonista)
Era incrível o quanto eu me divertia com a minha melhor amiga, irmã, companheira .. & cunhada. Sabia bem que na Fáfí eu podia confiar! Ela era meu Tudão, Best Friend Forever.
Quando voltei pra casa, carregada de malas, meu irmão e os amigos dele estavam lá. Aff! Até aquele esquisitinho... Como se chama ele mesmo?... er... Harry! Nunca fui com a cara dele.
Como a garota educada que eu sou, cumprimentei eles.
-Olá Scoot, Dougie (que sorriu pra mim), Dannie, Tom.. e (suspirei) Harry! - desde as ultimas férias não via o Harry. Reparei que ele estava bonito, seu cabelo estava arrepiado Dando-lhe um ar rebelde. Estava com o físico mais definido. Estava bem mais atraente.
Todos em coro disseram-me oi.
Senti o estranho - não mais tão estranho assim - me encarar. Continuei meu trajeto até meu quarto.
[u]Minha [/u] (Uaal,eu disse 'minha?') Barbie me encarou e me deu um olhar significativo, apontando com a cabeça pra fora de casa. Legal, ele quer me ver..
Consenti e continuei subindo as escadas - estranhamente, feliz da vida! Larguei minhas sacolas na cama e entrei pra tomar um banho.
Uns cinco minutos depois desci as escadas.
-Hei Mana! Os meninos vão montar uma banda! - anunciou meu irmão. Há!Brincadeira. O Dougie em uma banda? Ta, claro, acredito... Melhor contar isso para quem não conhece esse garoto! asuahsuahshaus
-NOSSA QUE LEGAL! - menti.
-Com certeza! - disse Dannie. Ele era Branquinho de olhos azuis, incrivelmente lindos. E tinha 16 anos.
Sorri pra eles. Bom se é o sonho deles eu não vou impedir.
Fui pra cozinha. Decidi preparar alguma coisa para comer.
-Alguém quer comer? - eu gritei da cozinha. Então senti um abraço quente e urgente.
-Eu quero ficar com você, Marcela. - ele disse-me com uma voz tão carente e firme. Por um milésimo de segundo eu pensei em ceder. E foi isso que eu fiz.
-Dougie não brinque comigo..
Ele virou meu corpo,fazendo-me ficar frente a frente com ele e me beijou. Incrivel como eu ficava totalmente SEXY,CALOROSA e tudo mais perto dele.. eu sem duvidas não estava bem.
-O que aconteceu com o Magrela,vara-pau,cabelo de medusa? - eu brinquei enquanto ele beijava cada parte de meu rosto. E eu deixava!
-Agora você é a minha Magrinha, de cabelo bom...
-Seu Bobo. - Dougie mordeu o Lóbulo da minha orelha. Depois sua boca procurou aflita a minha, quando a encontrou depositou outro beijo.
-Opa! Foi mal er.. eu ia... esquece - Falou tom. Ele costumava ser um garoto muito comunicativo e engraçado.
Corei envergonhada.
-Não tudo bem Tomzinho do Titio Dougie! - Brincou a barbie de calças,ainda abraçado à mim.
-Ah Cale a boca Dougie! - Tom respondeu saindo da cozinha.
Todos eles tinham uma amizade incrivel, de ser admirada. Eram mais que amigos, eram irmãos, diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos.
-Tadinho dele... Você é má Barbie! - eu disse enquanto me virava pra beija-lo. O que estava acontecendo comigo?
-Para de me chamar assim se não eu pinto o cabelo de preto uashuashuahs.
-Continua sendo MINHA Barbie... só que morena! - Dougie sorriu, um sorriso tão perfeito e encantador. Oh deus,esse garoto me faz ficar tão boba.
-E como foi o passeio com a Flávia ? - perguntou ele enquanto iamos pra sala.
-Ah,Como sempre. Maravilhoso! Ela me diverte .. é minha melhor amiga. Mas, porque?
-Só quis saber..
PENSAMENTOS DE DOUGIE * [ON]
Se um dia minha Magrelinha descobrir o quanto essa menina é falsa, ela vai sofrer muito... E o que eu menos quero é vê-la sofrer!
Queria tanto que a Marcela não fosse tão inocente. Se ela soubesse o quanto essa Fávia chifrou o Scoot.. ah, essa garota me deixa doido!
Acho que estou gostando dela, pois ela sim vale a pena... e sem duvidas todos os Young's aceitariam. Afinal essa família é quase minha família!
PENSAMENTOS.DE.DOUGIE. [OFF]
-Sei... por acaso você quer algo com ela??? - aff mal começamos a ficar e eu ja estou dando crises de ciúmes.
-Saushaushasuha que ciúmes hein.... Não você já é mais do que eu mereço! - Ai que lindo com umas palavras dessas eu me apaixono.
- Ta pode parar de me iludir.
Ficamos a tarde toda juntos. Entre Beijos, amassos e carícias.[b]



Última edição por Taah94 em 28.10.09 18:26, editado 3 vez(es)

Ver perfil do usuário

Taah94


Botamon
Botamon
Espero qe Gostem ý

Ver perfil do usuário

Taah94


Botamon
Botamon
Quando Dougie deixou meu quarto, já era tarde. - e ele só havia ido embora porque meu irmão chegou e meus pais haviam voltado da viagem deles.
- Tchau Marcella!
- Até Dougie. - Tenho que admitir que não era fácil dizer adeus para o Dougie, mesmo que cada célula do meu corpo soubesse que eu o veria novamente amanhã.
Mas, eu não tinha certeza se amanhã ele continuaria o mesmo. - afinal, da noite pro dia Dougie resolveu que me ama, e a tonta aqui também descobriu que ama ele.
- Diz que me ama? - Ele pediu-me. Eu apenas ri e balancei a cabeça, como se falasse "não".
- Vai logo, Pow! Daqui a pouco meus pais chegam.
- Ta me expulsando? - Dougie disse, sorrindo como uma criança brincalhona.
Levantei-me da cama e fui ate onde ele estava parado. Não muito delicada, o empurrei para fora, mas antes (Claro) lhe dei um beijo suave.
- Agora sim! Tchau! - ele disse, fechando a porta do meu quarto.

Pensamentos Marcella [ON]
Nossa quem diria que um dia esse garoto - que até pouco tempo eu o achava um insuportável - faria meu coração bater de uma forma descompassada e tão intensa.
Eu acho que o inevitável aconteceu! Eu me apaixonei por ele.
Talvez eu esteja fazendo a pior besteira da minha vida! - ou talvez não!
PENSAMENTOS [OFF]

Uns 15 minutos após Dougie ter ido embora, meus pais chegaram.

- Filha, temos presente pra você! Desça aqui! - Opa! Presente para mim, eu adoro! Desci as escadas correndo até a sala, feito uma criança na manhã de Natal.
Quando cheguei à sala abracei meus pais, com força. Era bem difícil ficar em casa sem eles.
Scoot definitivamente me escravizava! Era "Marcella limpa a casa", "Marcella lava a louça", "Cadê a comida sua magrela?"
Aff! Eu quase enlouqueci!

Ficamos naquele clima de família por mais ou menos uma hora, depois meus pais saíram e eu fui pra casa da Flávia. Tinha que aproveitar ao maximo essas férias com ela!

- Hei Magrela! - chamou-me meu irmão, quando eu estava pondo um pé para fora de casa.
- Fala logo, que eu estou com presa!
- Diga pra minha namorada, que eu preciso vê-la urgente! Estou cansado de brigar com ela! - Scoot disse.
Por mais que eles brigassem, meu irmão amava demais a Flávia para ficar com raiva dela por muito tempo.
- Ok... er... Não fique assim, Scoot! Vai dar tudo certo! - lancei-lhe um olhar encorajador e sai rumo a casa de minha amiga.
Fui a pé mesmo, afinal o dia estava tão lindo.
Os pássaros cantavam alegremente. O céu estava radiante. Até as pessoas estavam mais bonitas! OK, ISSO TUDO É SO PORQUE EU ESTOU APAIXONADA

Eu andava alegremente. Já estava quase perto da casa da Flávia até que ..
- Aiie ! - esbarrei feio em uma pessoa, cuja aparência eu ainda não tinha visto.
-Esta ficando cega Young? - OH! CLARO! ESSA VOZ PATETICA! EU CONHEÇO BEM! JURO QUE UM DIA EU AINDA SOCO ESSE BABACA DO JOE WILLIANS.
- Aff! Nem nas férias eu tenho paz? - ele riu. E eu revirei os olhos. Ele era tão estúpido!
- Porque tanta alegria?
- É da sua conta? - eu respondi, minha voz fria e sem emoção.
- asuhashashausuhausuhaus,fala pra aquele babaca do seu irmão que a casa vai cair pro lado dele! - desde quando entramos pra aquele colégio, Joe e Scoot se odeiam! Na verdade, não é so o Scoot, Joe odeia todos os amigos do meu irmão!
- Aff! Tenho dó de você! - É claro que eu também vivo brigando com esse idiota, que pra minha total tristeza estuda comigo.
- Cuidado pra esse dó não virar amor! - Pronto! Perfeito! Era só o que me faltava! Querido, pra sua informação eu já amo alguém!
- Jamais me apaixonaria por um verme, nojento, hipocrita e mesquinho como você! Vê se entende Joe: Eu te odeio!

Vocês devem estar pensando: Oh, que garota exagerada! Mas, acreditem esse cara é tudo isso e muito mais.

- Você anda com a língua afiada hein Marcela. - ele disse-me, agarrando-me a força.
Pelo visto, ta virando moda os garotos me agarrarem assim do nada! (¬¬')

- Me solta, seu imbecil - nesse momento Flávia chega e me encara perplexa. - ela já teve um rolo com esse ridículo.
- O que esta acontecendo aqui, hein Joe? - O imbecil se virou na direção dela e deu um sorriso malicioso, que eu já conhecia bem. Todos sorriam assim para a minha amiga. Ela era desejada até os últimos fios de cabelo.
- Flavinha! Sempre linda. Calma, só estou conversando com a Young! - Flávia revirou os olhos. Por isso que eu amava minha amiga, ela era mais que demais!
-Solta ela, Joe! - ele me encarou atentamente. Afrouxou meu braço do aperto de suas mãos.
-Cuidado hein Marcella! Estou de olho em você! - o idiota falou com um sorriso safado no rosto e foi embora.

(PENSAMENTOS DE FLÁVIA ON)
Ora, ora... Não é que o Maldito Willians me deu uma ótima idéia! *---------*
(pensamentos off)

-Ele te machucou? - Minha amiga perguntou.
-Não. Sé ameaçou meu irmão! Nada demais! E, ah, Scoot quer te ver! - Flávia ficou em silencio.
Nos últimos meses ela e meu irmão andam brigando tanto.

(PENSAMENTOS FLÁVIA ON)
Pronto, agora o insuportável quer me ver! Não agüento mais isso. Preciso urgentemente dar um pé na Bunda do Scoot e me dedicar a conquistar o Dougie!
E também preciso tirar a Marcella da Jogada.
E eu até já sei como!
(PENSAMENTOS OFF)

-É eu também preciso conversar com ele... Diz pra ele que eu vou ligar!
-Claro.

Passamos a tarde inteira conversando. Fazendo coisas de melhores amigas.
Contei para ela sobre Dougie. Ela me apoiou totalmente!
É uma fofa né?


À noite eu cantarolava uma música enquanto seguia meu caminho, até minha casa.
A noite estava perfeita! - Ou, vai ver eu que continuava apaixonada demais.
Tudo estava perfeito, até que encontrei os três amigos da minha amada Barbie.
Tudo bem, hoje ninguém atrapalharia minha felicidade!

-Oi meninos! - Eu falei à Tom, Harry e Danie. Assim que me ouviram, todos se viraram e sorriram para mim.
-Oi - eles disseram em coro.
-Estão indo pra onde? - eu perguntei com um sorriso nos lábios. Tentando ser simpática.
-Er... Nós íamos ensaiar. Só que a Barbie está na sua casa, fazendo vá se saber o quê! - Tom riu. De repente uma enorme alegria adentrou em meu coração!
-Ah,então eu vou pra casa e digo que vocês estão a procura dele!
-Brigadão Cell. - Disse Dannie com aquele sorriso de anjo.
Despedi-me deles e continuei andando.


Cheguei em casa ofegante. Cansada de tanto correr.
Assim que eu abri a porta meu irmão me viu e falou:
-Ah Finalmente você chegou!
-Não, foi a minha vó que acabou de chegar! - eu falei irônica. Meus olhos vasculharam a sala a procura de Dougie.

Eu entrei na casa, fechando a porta atrás de mim.

-Hei Scoo... - Dougie não conseguiu terminar a frase, ao me ver ele abriu um longo sorriu.
-Aff! Odeio essa melação de vocês dois - Meu irmão falou. Quem ele pensava que era para falar sobre isso? Ele e a Flávia juntos eram muito pior!
-CALA A BOCA, SCOOT! - Dougie e eu dissemos ao mesmo tempo. Era incrível o jeito como estávamos conectados. E em um dia tudo mudou! Tudo ficou mais colorido e feliz, e parecia que nada podia me atingir. Eu estava tão bem, tão feliz! Mas, o amor é assim mesmo!
-To saindo! Não agüento essas melações de vocês dois! - meu irmão foi para a cozinha.
Dougie, quase que parecendo um desesperado, correu e me abraçou, como se aquilo fosse a ultima coisa que fizesse na vida
-Eu te amo! Você quer ser a minha Namorada?
COMO?
Mais uma vez eu não acredito no que eu estou ouvindo!
E, muito menos no que eu vou dizer!



COMENTEM POR FAVOOR *

Ver perfil do usuário

Taah94


Botamon
Botamon
Com muita dificuldade, foi isso que saiu da minha boca:


- E-e-e-u A-a-aceito! - Ok, foi uma gaguejada horrorosa! Mas, ele com certeza entendeu, pois só foi eu terminar de falar que ele imediatamente veio até mim e beijou-me freneticamente.


- Agora, eu tenho que falar com os seus pais! - OPA!FERROU!


- Dougie.. er .. calma! Agente mal começou a namorar! - Garoto afoito!


- Calma nada! Eu te amo e vou te amar para sempre! - Sem duvidas eu guardaria essas palavras pra sempre na minha mente!


- Então, tudo bem... er.. PAI! MÃE! Venham aqui! - Na mesma hora eles desceram. Tremi da cabeça às pontas do pé. Reunimos-nos na sala. Acho que o Dougie já havia comentado isso com o Scoot, pois ele me dava umas risadinhas irritantes.


- Ent..





Meus pés estavam formigando. Meu coração estava fora de controle.


Acho que não estava preparada pra isso! Talvez porque essa é a primeira vez que eu tenho que passar por essa situação...


- Então senhor e senhora Young, eu vim aqui pra dar um comunicado e tenho certeza que os senhores aprovaram! - Dougie me olhou, pra ver se eu estava no embalo. Ah! Eu estava comendo as unhas de tão nervosa.


- Diga Dougie. - minha mãe o incentivou, com seu olhar de anjo.


- Talvez vocês irão achar estranho e até precipitado... Mas, eu estou apaixonado pela sua filha! - Ai morri! Alguém me enterre! Não acredito que acabei de escutar isso!


Encarei meus pais, que me fitavam de cima a baixo. Será que eles queriam que eu falasse alguma coisa?


- Filha? - Oh, HAHAHAHAHAH, ACHOU QUE PODIA FALAR PALAVRÃO AQUI ÉÉÉ? SE FERROU!! Respira Marcella e conta até vinte! Porque até dez não vai me acalmar!


-Sim, pai... er... Bem, eu amo essa Barbie aqui! - Todos os presentes, incluindo o Dougie riram.


- O importante é que vocês sejam felizes! Sei que o Dougie é bem responsável e fará feliz! - Já citei aqui o como eu amo esses dois? NÃO?! Então lá vai: Eu amo meus pais!


- Porque ninguém pede a minha permissão? - Scoot falou, com um ar inconformado.


Dougie deu um pescotapa nele.


- Alguém quer jantar? - minha mãe perguntou. Dougie aceitou no mesmo segundo, esfomeado como ele é... Era como perguntar pra um aluno se ele gostava de ir para o colégio dia de sábado ter aula.


Incrível como minha vida deu uma Guinada; de Sem sal e magrela à uma pessoa amada e muito feliz.


- Tchau amor! - MEU namorado se despediu de mim, depois daquela noite incrível.


Sim, a Felicidade bateu na minha porta e pediu pra entrar.


Suspirei ao vê-lo ir embora pela longa rua em frente à minha casa.


- Marcella? - meu irmão chamou-me, ao me ver com a cabeça no mundo da lua.


- Fala! - exigi.


- A Flávia terminou comigo! - Para tudo! O QUE? POR QUÊ? QUANDO? COMO? ÃH?


- Ma-mas, porque Scoot? - eu perguntei aflita. Não pude acreditar naquilo. modéstia a parte, meu irmão era o cara perfeito para se namorar! Porque alguém iria terminar com ele assim do nada?


- Parece que ela está apaixonada por outro e disse que logo eu saberia quem era! - Ele disse, segurando-se para não chorar.


Quem seria essa pessoa? E, porque Flávia não havia me contado nada sobre isso?


- Scoot, eu sinto tanto por você! - Eu disse sinceramente, o abraçando. Ele deixou a vergonha de lado e se desmanchou em lagrimas. Sim; meu irmão tem sentimentos. - às vezes parece mentira, mas é a pura verdade!


Eu fiz o que estava ao meu alcance para fazê-lo se sentir melhor. O Consolei de todas as formas, o fazendo ele sorrir com as minhas piadas sem graça. Fiquei feliz de ver que no mínimo ele iria superar esse fim.


No dia seguinte, acordei assustada com o barulho do meu celular tocando e reconheci o toque. Era a Flávia (as 9:30 da manhã em pleno sábado. Brincadeira!)


- Oi Flávia - eu disse com a voz ainda sonolenta.


- Oi amiga! Aih eu to tão triste! Eu não queria terminar com o seu irmão! - Ela falou, percebi uma leve falsidade na sua voz.


Um pensamente meio louco passou pela minha cabeça: Será que ela enganou meu irmão esse tempo todo?


- Hum .. e eu to um pouco chateada com você! - Confessei.


(Narração - Flávia)


- Porque amiga? - eu perguntei tentando no mínimo me fazer de preocupada. Pouco me importa com o que a Manuella pensa ou deixa de pensar sobre mim!


ARG! QUE RAIVA! COMO ELA CONSEGUIU FICAR COM O DOUGIE????


Macumba, só pode!


-Você terminou com o Scoot e disse pra ele que logo irá saber por quem você esta apaixonada? - A Marcella falou. Ué, tenho culpa se a sinceridade doí?


- Amiga, - suspirei pesadamente. - Eu NUNCA amei seu irmão!


Ouuu! Ponto pra Morena aqui pela sinceridade! Finalmente eu me liberte de toda essa historia!


- Flávia, então porque namorou com ele? - Porque seu irmão é um Gatinho, que beija muito bem. Porém, um chiclete! Será que essa é uma boa resposta?


- Eu ... ai Cell não me odeie por isso! - Eu disse fingindo uma voz triste. Cara, eu sou uma ótima atriz. Deveria receber um Oscar pela minha excelente atuação!


- Claro que não! - A tonta e ingênua falou.


- Que Bom! Pois, você é minha melhor amiga! - ok, nisso eu também menti! Ela não é minha melhor amiga e nunca vai ser. Vencedoras (como eu) não têm amigas perdedoras (como ela)!


- Você também.. - Esse é um dos erros da Marcella: a sua Ingenuidade. Juro que se eu não estivesse a fim do "NAMORADO" dela eu ensinaria ela a ser uma mulher de verdade. Porque essa menina ta precisando aprender isso, viu!


- Posso passar ai mais tarde? - Eu perguntei já sabendo a resposta. Claro que ela aceitaria.


- Claro que pode.. - Viram? Ela é bobinha demais! Despedi-me dela e desliguei o celular. Iria fazer uma ótima proposta pro idiota do Willians imediatamente.


Disquei o numero que eu conhecia bem e ele logo atendeu.


-Tchutchuca! - Ele falou e eu revirei os olhos. Por esse motivo e outros mais que eu terminei com esse insignificante.


- Ta Joe, eu preciso falar com você! Sei que você tem uma quedinha pela Minha amiga! - Eu disse sem rodeios.


- Hum... Ela de repente ficou gostosinha! - Mais fácil que tirar doce de Criança! háhá!


- Você tem que me ajudar a tirar ela do meu caminho! Eu quero o Dougie!


- E no caso eu ganho a Young? - Ele disse, parecendo achar a oferta ruim. Sinceramente, a Marcella é mais do que ele merece.


- É! Ta achando ruim? - eu perguntei de uma forma grosseira.


- Não... Ta bom!


Sorri vitoriosa. Que maravilha! Pelo visto hoje o mundo estava a meu favor!


Rapidamente expliquei todo o plano pra ele, da forma mais simples possível.


Desliguei o telefone. Eu estava mais do que feliz, estava radiante.


E mais Tarde eu faria uma Visita a alguem realmente especial.


Sim eu irei passar na casa do Meu futuro Namorado,Dougie Lee Poynter ♥

Ver perfil do usuário

Cici


Botamon
Botamon
kd o resto?
rsrs
Tah mt legal ateh aki, mas to curiosa com oq vai acontecer depois.

Ver perfil do usuário

Bruninha_a


Botamon
Botamon
é cade o resto ?
to muito curiosa

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum